4.8.13

Tenho saudades tuas. Que é feito de ti? Estava com a esperança de te ver ontem, mas nada. Até tenho ideia que nunca mais te vou ver. Já me despedi das tarde de terça e das manhãs de quinta. E tu? Nem te lembras, pois. Mas deixa, eu fico bem. Sempre consegui ficar bem, por isso não vai ser agora que isso não vai acontecer. Espero que te corra bem esse ano de caloiro caso entres na universidade. E que tenhas consciência de tudo. Vá, boa sorte e um beijo doce meu amor.

1 comment:

Amy said...

Oh, não te vás abaixo sim? Força**