30.6.13

"E apesar de rir e fingir que não me importo, eu me importo sim. Tem dias que gostaria de ser diferente, mas isso é impossível. Estou presa ao carácter que nasci, e mesmo assim tenho a certeza de que não sou má pessoa. Faço o máximo para agradar a todos, mais do que eles suspeitariam num milhão de anos."

4 comments:

Mel said...

lá no fundo ninguém é má pessoa, temos é formas diferentes de nos demonstrar e de reagir perante as coisas.

Mel said...

adoro a música!!

Cáa Isabel said...

Para além de fazeres o máximo para agradar todos, devias fazer o máximo para tu gostares de ti mesmo !

Mel said...

eu percebo-te princesa, mas ser estranha é bom, é porque se tem essência, uma essência verdadeira e que não se perde. conheço sim, mas esta dele ainda não conhecia, mas é linda, rendi-me :))